Dicas verdadeiras para reduzir o pré e o diabetes

Ame a si próprio, persista em seus objetivos, a sua saúde é o seu maior bem !

  • Monitore sua taxa de glicose diariamente, logo ao levantar-se e duas horas após o almoço. Ao levantar-se, a taxa de glicemia em jejum deve estar entre 65 a 99. Antes de refeições, a dosagem de glicose deve estar entre 80 e 120, e duas horas após as refeições, 140 ou menor. O ideal é manter a hemoglobina glicada (taxa HbA1c) abaixo de 6. Acima de 7 mostrará um controle falho da glicemia. Examine a HbA1c a cada 3 meses.
  • Os três macro-nutrientes que consumimos são: proteínas, gorduras e carboidratos. Os carboidratos afetam ou aumentam a taxa de açúcar no sangue em maior grau.

 Quanto a alimentação correta você DEVE:

  • Pratique a contagem de carboidratos da sua refeição. Verifique o quanto de carboidrato cada alimento possui em sua composição nutricional.Quanto menor for a quantidade de carboidratos consumidos em uma refeição, evitamos os picos de insulina. No entanto, o caminho mais indicado para o aporte energético adequado, é fazer a opção por carboidratos complexos, que tenham uma baixa curva glicêmica e portanto tenham lenta absorção intestinal. Tanto os picos de insulina serão evitados, como favorecem o aporte de fibras, essencial para evitar-se diversas patologias. Exemplos de carboidratos complexos são o arroz vermelho, 7 grãos, integral, aveia, psyllium, farelos, centeio, frutas com casca, etc.
  • Controlar a ingestão de grãos (trigo, cevada, centeio, cevadinha, gérmen de trigo) em preparações feitas, bolachas, massas, arroz, açúcar, produtos industrializados, sucos adoçados e de caixinha, milho, frutas, balas e doces, frituras e salgadinhos.
  • Evite refrigerantes mesmo os diet. Hidrate-se tomando bastante água, se possível dois litros ao dia.
  • Escolher o adoçante correto, junto ao seu nutricionista. O ciclamato monossódico foi proibido nos Estados Unidos e ainda faz parte no Brasil junto a composição da maior parte dos produtos e bebidas diet. A sacarina sódica é outro agente tóxico, prejudicial aos hipertensos por conter sódio (Na+). A STEVIA, por ser natural, reduz as cáries e não provoca resposta insulínica. Há ainda o Xilitol e Eritritol e a Sucralose, o adoçante mais utilizado no mundo.
  • Procure utilizar o azeite extra virgem para suas preparações quentes e frias. Escolha um azeite composto para utilizar em preparações quentes e um extra virgem de boa qualidade para saladas, e pratos frios.
  • Eliminar os cremes vegetais que contenham gorduras hidrogenadas. Verifique os rótulos dos alimentos.
  • Consumir a linhaça, farinha de coco, farinha de castanhas e castanhas cruas ou torradas, como a amêndoa, castanha de caju, semente de girassol, gergelim, amendoim, castanha do pará. São excelentes fontes de carboidratos, proteínas e gorduras, além de ricas em vitaminas. Veja as receitas que serão sempre colocas nos posts para ajudar neste processo.
  • Praticar exercícios diariamente. Pelo menos faça caminhadas de 20 a 30 minutos diários. Qualquer exercício, se praticado com regularidade, todos os dias, irá ajudar a reduzir a resistência à insulina, perder peso e aumentar a massa magra corporal.
  • Evitar o stress. Stress em demasia eleva as taxas de açúcar no sangue. Procure ter boas noites de sono, descansar. Pratique meditação, um excelente método para ter a mente e o corpo tranquilos.

9 Comments

  1. Muito interessante mesmo! Continue com o bom trabalho!
    Adorei vou recomendar pra todos que conheço um artigo igual a
    esse vale ouro. 🙂

  2. Sílvio de Santana Jr

    Excelente exposição. A saúde agradece.

  3. Boa postagem, gostei mui

  4. Esclarecimentos de grande utilidade. aproveitei bastante. Obrigada

  5. Excelentes esclarecimentos. De grande utilidade.

  6. marly casanova

    Gostei muito das suas explicaçoes,obrigada

  7. patriciahhh

    Ótimas dicas 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *